Mestre Nico apresenta o show A Manipueira gratuitamente em bibliotecas de São Paulo

Mestre Nico – Foto de José de Holanda

De 14 a 18 de dezembro, o Mestre Nico vai circular por diversas bibliotecas de São Paulo em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura para apresentar o show A Manipueira. As apresentações são presenciais e gratuitas.

Vão ser 8 encontros para apresentar seu novo projeto que teve o nome inspirado em uma das canções de Mestre Tássio, quem o batizou como mestre de Nico. A Manipueira traz consigo a força mítica e a essência da energia da rua, do maracatu, das bandas marciais e do frevo, é o encontro do sagrado e do profano.

Esse evento é patrocinado pelo projeto Bibliodiversidade – Cultura Popular nas Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo – Sistema Municipal de Bibliotecas.

Mestre Nico é músico, ator e performer pernambucano, brincante da Cultura Popular, mestre caboclo do Maracatu de Baque Solto Cruzeiro do Forte de Recife, desde os anos 80, onde iniciou seu contato com a música. Integrou a banda Chão e Chinelo, parte do movimento Manguebeat de Recife.
Em São Paulo desde 2003, formou o grupo de Coco de Roda Coco Seco. Em 2005 fundou com outros artistas o bloco carnavalesco Lapa de Urso, que desfila até hoje tradicionalmente no domingo de páscoa, nas ruas do bairro da Lapa. É integrante da banda Batucada Tamarindo, dedicada à música afro-brasileira tradicional e composições autorais. Em 2008 funda o trio Terno Quente, banda dedicada ao Coco de Roda e Coco Rural de Pernambuco. Ministrou oficinas de danças populares de Pernambuco e foi o responsável pela preparação física e musical do espetáculo ‘Homens e Caranguejos’, direção e dramaturgia de Luciana Lyra, adaptação da obra de Josué de Castro. Também foi o responsável pela preparação física e musical do espetáculo ‘Memórias da Cana’ com a Cia Os Fofos Encenam, adaptação de Álbum de Família, de Nelson Rodrigues, direção e dramaturgia de Newton Moreno, para o qual também ministrou oficinas de Coco e Maracatú Rural.
Vem ministrando oficinas de Coco Rural e de Maracatu Rural – manifestações que envolvem canto, percussão, dança e poesia – em importantes centros de formação, com destaque para o Instituto Teatro Brincante, o Sesc Vila Mariana, a OCA Escola Cultural, os grupos Umoja e Maracatu Quiloa. Atuou no clip O Inimigo Dorme, do músico Siba; Integrou, como ator e músico, os espetáculos ‘Inês – Gil Vicente por Ele Mesmo’ e ‘A Ilha do Tesouro’ da Companhia dos Ícones de 2005 a 2012; Toca com músicos como Siba, Fuloresta do Samba, Anderson Miguel, Alessandra Leão, Karina Buhr e Isaar, Alfredo Bello “Dj Tudo”, Renata Rosa, Junior Barreto, Ortinho e Beto Villares. E com esses artistas e outros participou de festivais como Conexión PE na Argentina, Festival de Helsinki, Festival de Nantes e Festival de Cannes na França, Europalia na Bélgica, Recbeat – PE, Coq
Facebook: https://www.facebook.com/mestrenico.coral
Instagram: @mestrenico.coral
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCXMq4ooQr2CLSY4JXGD1hBg/featured

A agência de produção cultural Japuara, nasce através da resistência e da luta pelo protagonismo das periferias em suas produções e construções de narrativas através da arte. Tem como objetivo difundir as produções periféricas e as culturas tradicionais brasileiras por meio do fortalecimento
do lugar de fala dos artistas das periferias, dos mestres e mestras das tradições indígenas e afrodiaspóricas para que então seja preservada a memória das raízes do Brasil. 

Desde 2019 a produtora proporciona a vinda e produção de algumas webséries com mestres e mestras da cultura popular, dentre essas produções a Websérie Cavalo Marinho Boi Brasileiro, cujo mestre é Luiz Paixão, que virá para São Paulo realizar 5 oficinas e shows na rede municipal de bibliotecas acompanhado do grupo Baião Lascado.

Mestre Nico – Foto de José de Holanda

Serviço:

Dia 14 de dezembro, terça-feira, às 12h – Biblioteca Castro Alves
Rua Abrahão Mussa, s/n – Jardim Patente Novo, São Paulo – SP, 04256-190

Dia 14 de dezembro, terça-feira, às 16h – Biblioteca Narbal Fontes
Rua Cons. Moreira de Barros, 170 (com entrada também pela Rua Estefânia Mendes Pereira, 54) Santana

Dia 15 de dezembro, quarta-feira, às 12h – Biblioteca Mário Schenberg
Rua Catão, 611 – Vila Romana, São Paulo – SP, 05049-000

Dia 15 de dezembro, quarta-feira, às 16h – Biblioteca Prestes Maia
Av. João Dias, 822 – Santo Amaro, São Paulo – SP, 04724-001

Dia 16 de dezembro, quinta-feira, às 16h – Biblioteca Cassiano Ricardo
Av. Celso Garcia, 4200 – Tatuapé, São Paulo – SP, 03064-000

Dia 17 de dezembro, sexta-feira, às 11h – Biblioteca Paulo Duarte
R. Arsênio Tavolieri, 45 – Jardim Oriental, São Paulo – SP, 04321-030

Dia 17 de dezembro, sexta-feira, às 16h – Biblioteca Érico Veríssimo
R. Diógenes Dourado, 101 – Parada De Taipas, São Paulo – SP, 02815-060

Dia 18 de dezembro, sábado, às 16h – Biblioteca Paulo Setúbal
Av. Renata, 163 – Vila Formosa, São Paulo – SP, 03377-000

Classificação indicativa: Livre
Duração: 60 min. 
Formato da apresentação: Itinerante 

Presencial 

Grátis!

Facebook: https://www.facebook.com/JapuaraProducoes

Instagram: @japuara e @mestrenico.coral

Assessoria de imprensa
Miriam Bemelmans

miriam@bemelmans.com.br
(11) 3034-4997 e (11) 9 9969-0416
http://www.bemelmans.com.br/
https://linktr.ee/bemelmans

Sócia-diretora da Bemelmans Comunicações, empresa de assessoria de imprensa. É formada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Fez Curso de Assessoria de Imprensa para empresas em momentos de crise.
Post criado 25

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo