Trio de violão, canto e piano no Centro de Música Brasileira no Mackenzie Higienópolis

14 compositores brasileiros no repertório

Dia 27 de agosto, sábado, às 18h, recital do Elipsoidal Guitar Trio, canto com Adriana Bernardes e piano com Sandra Abrão na programação do Centro de Música Brasileira que acontece no Mackenzie São Paulo de Higienópolis. Grátis!

O trio de violão Elipsoidal Guitar Trio foi fundado em 2018 e conta com Breno Chaves, Alberto Guedes e Vinícius Brandão. Tem o objetivo de divulgar a música brasileira de concerto para trio de violões, através de um repertório inédito e de obras já consagradas para essa formação. Em 2022, foi lançado o Single 18 Strings registrado em áudio e vídeo nas principais plataformas digitais. O trio interpreta obras de Luis Carlos Barbieri, Fred Schneiter, Sergio Roberto Oliveira, Osvaldo Lacerda e Geraldo Ribeiro.
Vídeo: 18 Strings – Sergio Roberto de Oliveira: https://youtu.be/2pR7gA4JP40

Adriana Bernardes, soprano, é mestre em Práticas Interpretativas e performance de Música Brasileira pela Unicamp. Tem 4 CDs como o Curumin que traz canções de Camargo Guarnieri e brasileiras dos séculos XVIII e XIX. Sandra Abrão é mestre em Artes pela Unesp e se dedica à divulgação de autores nacionais. Nesse recital interpretam obras de Carlos Gomes, Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos, Ernani Braga, José Siqueira, Camargo Guarnieri, Claudio Santoro, Branco Bernardes, Eduardo Escalante e Osvaldo Lacerda.

Como os músicos desse recital, o Centro de Música Brasileira busca difundir e defender a música erudita brasileira. Neste ano, o CMB participa das comemorações dos 70 anos de fundação da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Programas

Elipsoidal Guitar Trio

Luís Carlos Barbieri – Crônica Breve 

Fred Schneiter Suíte Baiana nº 2 (Água de Meninos, Bonde e  Amaralina )

Sérgio Roberto Oliveira – 18 Strings 

Osvaldo Lacerda – Poemeto (adaptação pelo Trio Elipsoidal)

Geraldo Ribeiro Trio – dedicado a Henrique Pinto (Rítmico e Festivo, Lento, com simplicidade e Rítmico, à maneira de Choro)

Adriana Bernardes e Sandra Abrao – Autoretrato

Adriana Bernardes (canto) e Sandra Abrão (piano)

Carlos Gomes – Quem sabe?

Chiquinha Gonzaga – Lua Branca

Villa-Lobos – Viola Quebrada

Ernani Braga – Casinha Pequenina

José Siqueira – Nesta Rua

Camargo Guarnieri – Azulão

Claudio Santoro – Acalanto da Rosa

Branco Bernardes – Canção

Eduardo Escalante
Cantiga (piano solo)
Pensando (Poemas de Ausência)

Osvaldo Lacerda
Romance da Brasiliana nº 2 (piano solo)
Receita para o Amor (texto de Marina Tricânico)

Temporada 2022 do Centro de Música Brasileira

Todas as apresentações são aos sábados, às 18h, e gratuitas.

Mackenzie São Paulo de Higienópolis

27 de agosto

Elipsoidal Guitar Trio (trio de violão)

Adriana Bernardes (canto) e Sandra Abrão (piano)

17 de setembro

Leonardo Feichas (violino) e Maria Emília de Moura Campos (piano)

Celina Charlier (flauta) e Maria Emília de Moura Campos (piano)

22 de outubro

Consuelo Quireze (piano)

Festival com obras da compositora Emilia De Benedictis (1919-1996)

Pergy Grassi (canto) e Sylvia Maltese (piano)

26 de novembro

Rodrigo Miranda (violoncelo) e Elise Pittenger (piano)

Orquestra de Cordas Laetare – regência de Muriel Waldman

Currículos dos músicos do recital de agosto

O Trio Elipsoidal foi fundado em 2018, com o objetivo de divulgar a música brasileira de concerto para trio de violões, através de um repertório inédito e de obras já consagradas para essa formação. Atualmente o Trio é composto pelos violonistas Breno Chaves, Alberto Guedes e Vinícius Brandão.
O Trio fez sua estreia na série de música de câmara da Catedral da Sé, onde estreou a obra Introdução, Tema e Variações Opus 9 de Fernando Sor, em arranjo inédito para trio do violonista Sérgio Abreu. Desde então, vem se apresentando em diversos concertos nas principais salas do país.
Em 2019 participou do projeto Concerto em homenagem a Sérgio Roberto de Oliveira com uma das primeiras audições da sua obra 18 Strings. Ainda nesse ano, realizou um concerto para o departamento de música da UNESP e no Festival de Violões do Conservatório Villa Lobos seguido de um masterclass e atividade didática para os alunos. Em 2020, fez o lançamento do EP Elipsoidal plays Barbieri and Schneiter, com a estreia mundial da obra Suíte Baiana nº 2 de Fred Schneiter, disponível nas principais plataformas digitais. O trio prevê estreias de obras de Geraldo Ribeiro, Vicente Paschoal, Marcus Siqueira e Fred Schneiter, entre outros. Ainda em 2020, o Trio produziu uma série de vídeos no seu canal no YouTube, com destaque para a homenagem ao violonista Geraldo Ribeiro no projeto Tocando com Geraldo Ribeiro com uma composição de sua autoria, além de diversas Lives com entrevistas para Academia Livre de Violão com Juliana Oliveira e Violão para todos com Ricardo Dias. Em 2022, foi lançado o Single 18 Strings registrado em áudio e vídeo nas principais plataformas digitais. Ainda estão previstas apresentações na Mostra Fred Schneiter e Café Concerto, ambas no Rio de Janeiro, Centro de Música Brasileira e na América Latina.
Vídeo: 18 Strings – Sergio Roberto de Oliveira: https://youtu.be/2pR7gA4JP40

Adriana Bernardes, soprano, é mestre em Práticas Interpretativas e performance de Música Brasileira pela Unicamp. Tem se apresentado como solista e recitalista nas mais diversas salas de espetáculo de São Paulo e Rio de Janeiro. Além da pesquisa, participações em congressos e realização do repertório de música brasileira dos séculos XVIII, XIX e XX (modinhas, lundus e canções), tem realizado primeiras audições e gravações de obras inéditas de compositores brasileiros contemporâneos. No CD A Música que saiu do Porto interpreta músicas de compositores santistas contemporâneos, no CD Orquestra de Câmara Paulista ao vivo na Sala São Paulo em 2008, interpreta árias de ópera do bel canto e dois outros CDs da Coleção Clássicos Brasileiros: Curumim, onde interpreta canções de Camargo Guarnieri e Sarau Brazil, com canções brasileiras dos séculos XVIII e XIX. A pesquisa e interpretação do repertório pátrio é um dos assuntos mais abordados e pesquisado em sua trajetória como cantora.

Sandra Abrão, pianista, é professora e compositora paulista, faz apresentações públicas desde os três anos de idade. Completou com distinção o curso superior e de virtuosidade de instrumento. Licenciada em Educação Artística, aperfeiçoou-se em piano e matérias afins com renomados mestres. Destacou-se em concursos nacionais e internacionais de piano e composição. Legítima representante da Escola Pianística Luigi Chiafarelli, vem ministrando cursos de técnica e expressão pianística. Atuando como solista e camerista, tem se dedicado à divulgação de autores nacionais. Efetuou gravações para TV e para rádio, inclusive no exterior. Participou como membro de Júri de Concursos Estaduais e Nacionais de piano e de Bandas e Fanfarras. Mestre em Artes pela Unesp, exerce o magistério superior de piano e história da arte.

O Centro de Música Brasileira – CMB é uma sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em São Paulo, em 18 de dezembro de 1984, iniciando suas atividades em 29 de abril de 1985, no Teatro de Cultura Artística, com recital de Eudóxia de Barros, que é a atual Presidente. Osvaldo Lacerda foi o Presidente até 2011.
O CMB visa defender e promover a música brasileira erudita de todas as épocas e estilos. Por duas vezes recebeu Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte – APCA. Realizou 344 apresentações em São Paulo, e um total de 48 em cidades do interior dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Em 2022, as apresentações acontecem nos auditórios da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Financeiramente sobrevive por investimento da pianista Eudóxia de Barros e por anuidades de músicos interessados, R$ 150,00 (individual) e R$ 280,00 (casal).
Promoveu vários concursos nacionais de Interpretação: 7 da Canção de Câmara Brasileira; 5 de Músicas Brasileiras para Piano; 2 de Músicas Brasileiras para Flauta.
Realizou um Concurso de Monografia “O Dobrado”, e dois de Composição: o primeiro, em parceria com a Biblioteca Municipal Mário de Andrade de São Paulo, em 2008, o Concurso de Tocata para Piano, vencido em 1º lugar por Nelson Lin, que teve prêmio oferecido pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e a impressão da Tocata, pela Academia Brasileira de Música. Em 2009, na Casa Mário de Andrade, foram realizados o II Concurso de Interpretação de Músicas Brasileiras para Flauta e o V Concurso de Interpretação de Músicas Brasileiras para Piano, com prêmios oferecidos pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.
Facebook: https://www.facebook.com/centrodemusicabrasileira

Fotos https://drive.google.com/drive/folders/1cdDnsy55r_XPY9tvy32I5jvv3JByXITA?usp=sharing

Serviço:

Dia 27 de agosto, sábado, às 18h

Centro de Música Brasileira

Elipsoidal Guitar Trio (trio de violão)

Adriana Bernardes (canto) e Sandra Abrão (piano)

Local: Auditório Escola Americana
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Rua Piauí, 130
Higienópolis
Próximo ao Metrô Higienópolis-Mackenzie

130 lugares

Duração: 2h

Classificação Livre

Grátis!

Assessoria de imprensa
Miriam Bemelmans

miriam@bemelmans.com.br
(11) 3034-4997 e (11) 9 9969-0416
http://www.bemelmans.com.br
https://linktr.ee/bemelmans

Sócia-diretora da Bemelmans Comunicações, empresa de assessoria de imprensa. É formada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Fez Curso de Assessoria de Imprensa para empresas em momentos de crise.
Post criado 18

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo