Temporada 2019 do Centro de Música Brasileira

O Centro de Música Brasileira – CMB é uma sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em São Paulo, em 18 de dezembro de 1984. Visa a defender e promover maior divulgação da música brasileira erudita de todas as épocas e estilos. Osvaldo Lacerda foi o Presidente até 2011 e atualmente é a pianista Eudóxia de Barros.

23 de Março
Duo Cerri-Botelho – Sérgio Cerri
(flauta) e Flávia Botelho (piano)
Renato Figueiredo (piano)

13 de Abril
Clenice Ortigara
e Jairo Wilkens (clarinete e piano)
Juliana Starling e Miguel Laprano (canto e piano) – homenagem ao centenário de nascimento de Claudio Santoro

18 de Maio
Yuri Marchese
(violão)
Thaíssa Poliakova Cunha (piano)

15 de Junho
Giácomo Bartoloni e Eduardo Monteiro
(violão e flauta)
Tânia Guarnieri e Araceli Chacon (violino e piano)

24 de Agosto
Adelia Issa e Edelton Gloeden (canto e violão)  
Orquestra Laetare
sob regência de Muriel Waldman

21 de Setembro
Trio “Canto Nosso” – Sonia  Goussinsky,
Marília Macedo e Fábio  Bartoloni  (canto, flauta doce eviolão)
Consuelo Quireze – (piano)

19 de Outubro
Fábio Luz
(piano)
Patrícia Endo e Alessandro Santoro (canto e piano) – homenagem ao centenário de nascimento de Claudio Santoro 

16 de Novembro
Festival Nilcéia Baroncelli 
Izaias e seus Chorões
– participação de Eudóxia de Barros

Centro de Música Brasileira (CMB)
Local: Sala Cultura Inglesa do Centro Brasileiro Britânico
Rua Ferreira de Araújo, 741 
Pinheiros – São Paulo 
Tel: (11) 3039 0500
Capacidade: 160 lugares
Classificação Livre

Site: http://www.centrodemusicabrasileira.blogspot.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/centrodemusicabrasileira

Todos os eventos são gratuitos!

Sócia-diretora da Bemelmans Comunicações, empresa de assessoria de imprensa. É formada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Fez Curso de Assessoria de Imprensa para empresas em momentos de crise.
Post criado 16

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo